Fala galera, quem aí já ouviu falar sobre “Moda Agênero”?

Sabemos que a sociedade (na sua maioria) sente a necessidade de mostrar através do comportamento que são pessoas cheias de atitude. E quando a gente fala do viés Agênero, estamos trazendo uma ideia de liberdade. Uma liberdade comportamental!

Pensando especificamente no conceito dentro da moda, precisamos olhar primeiramente para a modelagem e corte da roupa, para que assim o caimento seja perfeito tanto para o corpo feminino quanto para o masculino. Sim, não basta apenas pegarmos uma jaqueta por exemplo, que foi criada nos padrões do corpo feminino e esperarmos que essa peça tenha um ótimo caimento em um corpo masculino.

Na Moda Agenero as peças não possuem um direcionamento para o sexo da pessoa que irá usar tal peça. Nós somos livres pra usar o que queremos usar. Sem julgamentos, sem conceitos pré estabelecidos. A peça de roupa é apenas uma peça de roupa.

As mulheres por exemplo, podem pensar que ao usar uma tshirt mais soltinha, com estampa sei lá, de uma banda de rock estará carregando uma serie de julgamentos: “ah, mas essa camisa é masculina”, “nossa, você usa as camisas do seu namorado?” ou até “caramba, não tinha uma camisa mais mulherzinha pra você usar?”.

Precisamos entender de uma vez por todas que ao colocar uma peça x você não estará carregando nenhum tipo de identidade, seja sexual ou de personalidade!

Costumo dizer que seria incrível se as lojas não separassem as peças de roupas em setor masculino e setor feminino. Mas sim em tipo de corte/modelo, fazendo assim com que as pessoas tivessem maior liberdade (menor opressão) para escolherem a peça que melhor se identificassem, sem rótulos, sem estereótipos, livres como devemos ser. Livres como a moda é!

Me siga no Instagram: @wallacegregorio

Quer me ver experimentando looks femininos? https://youtu.be/6phii2Jqqmo